Diferença entre aço e alumínio: vantagens e desvantagens

Quem tem experiência com obras já sabe: a qualidade dos materiais que vão compor a fabricação de estruturas, equipamentos e projetos faz toda a diferença.

Seja numa aplicação doméstica, comercial ou industrial, vale a pena passar um tempo a mais pesquisando e escolhendo uma matéria-prima que melhor vai se adequar às necessidades da obra ou do cliente.

Características com o peso, durabilidade, resistência e qualidade variam muito entre cada opção do mercado. Neste post, nós, do Blog da Lemare Móveis, separamos dois dos materiais mais utilizados atualmente para expor na íntegra: o aço e o alumínio.

Ambos têm a sua utilidade, mas um vai se destacar sob o outro em determinado tipo de projeto. Para entender como escolher entre eles com precisão, acompanhe as informações do post e coloque as vantagens e desvantagens na balança!

Aço

Usados em todas as indústrias (mas principalmente na construção civil e industrial) para a montagem de estruturas rápidas e seguras, a principal vantagem do aço é que o carbono incorporado ao seu material confere maior resistência mecânica à peça.

O metalon é tipo de tubo de aço carbono que é mais comum e tem uma costura e formato quadrado ou retangular. A sua fabricação é feita por meio de fundições que criam formatos bem definidos com excelente rigidez e acabamento no material.

E como o aço requer solda para sua montagem, ele obtém uma maior resistência mecânica quando comparado ao alumínio. Mas esse não é um processo totalmente vantajoso, pois gera mais descartes e sujeiras para o meio ambiente.

Aproveitando a deixa para falar de outras desvantagens de utilizar esse material, você precisa saber que os perfis de aço carbono têm menor flexibilidade, um efeito colateral de sua resistência resistência acentuada.

Já em relação à oxidação e corrosão, o material tende a ser menos resistente quando comparado com o alumínio. O aço sempre vai exigir um tratamento de pintura eletrostática ou capa plástica, por exemplo – se não houver, ele vai oxidar rapidamente.

Além disso, os produtos construídos em aço têm um peso bem elevado. Portanto, a decisão sobre seu uso ou não vai depender do seu tipo de projeto: obras que requerem materiais leves não vão se beneficiar muito, enquanto outras que priorizam a resistência mecânica da construção podem alcançar o seu objetivo facilmente com o aço.

Veja também: Os melhores tipos de pisos para casa;

Cozinha planejada industrial

Alumínio

O alumínio é um metal nobre que naturalmente tem uma maior resistência à oxidação em comparação com o aço, o que significa que não vai enferrujar e se desgastar com tanta facilidade.

Ah, e essa resistência natural ainda tem a chance de ser aumentada com a aplicação de uma fina camada de óxido de alumínio – além de proteger o material, isso gera um acabamento mais bonito para o visual da sua obra.

O potencial de beleza do alumínio é reforçado pela sua possibilidade de aceitar pinturas diversas. Isso é valioso não só para o estilo de uma obra, mas também para a utilidade geral e uso geral do material.

Imagine as proteções de máquinas por exemplo, que precisam estar pintadas de amarelo para adequar o equipamento às normas de segurança – com o alumínio, essa exigência pode ser atendida com maestria.

Outro benefício do perfil de alumínio é que tem um peso baixo. Por ser mais leve, a facilidade de seu transporte e montagem são fáceis e práticas, o que economiza tempo e orçamento financeiro.

E por falar em montagem, sabia que o alumínio possibilita um processo mais limpo? Todas as suas sobras podem ser reutilizadas em extrusões adicionais, tornando o projeto sustentável e passível de reciclagens.

Mais um ponto relevante sobre a sua montagem é a velocidade: a diversidade extensa de acessórios prontos no mercado permite que a estrutura de alumínio seja rapidamente agrupada, num processo similar ao encaixe das partes de um brinquedo LEGO.

A principal desvantagem do alumínio é que a sua leveza e versatilidade são contra balanceadas com a sua baixa resistência. Obras que exigem que o material sustente condições diversas de peso e força costumam não aderir a esse material.

Outro ponto que pode ser decisivo para você é o preço do alumínio, que tende a ser mais alto que o do aço. Mesmo com toda a mão de obra especializada e a obrigatoriedade de pintura que o aço exige, o orçamento do alumínio ainda é um pouco mais salgado.

Esse aumento de valor costuma ser entre 10% a 15%, o que há quem prefira pagar em prol da maior quantidade de benefícios do alumínio. E então, já sabe qual o material ideal para você e o seu projeto?

Cozinha completa moderna com bancada

Para compor os espaços domésticos, comerciais ou industriais que você tem em mãos, conte com o nosso catálogo lá no site da Lemare Móveis. Temos cadeiras, mesas, armários multiuso, poltronas, artigos de iluminação e vários outros produtos carregados de estilo e funcionalidade!

5/5 - (Total de avaliações: 1)
Post Anterior

Cores que combinam com cinza: 12 dicas para não errar

Cores de madeira: 3 tonalidades, exemplos e como usar

Próximo Post

Deixe um comentário