7 dicas de como fazer um closet gastando pouco

A principal dica para fazer um closet gastando pouco é usar e abusar da criatividade. Ela vai te ajudar a ter soluções incríveis para o seu espaço disponível. Além disso, recorra às opções que se adaptem ao espaço disponível e bolso, é claro. Dessa maneira, vale tudo: desde caixas organizadoras, pallets e o que mais for necessário para realizar o sonho do closet próprio.

Outro ponto importante é considerar se você vai construir tudo, ou se vai comprar móveis prontos. Isso vai impactar diretamente no preço e, é claro, na praticidade para montar o seu closet. Construir os próprios móveis pode ser mais barato, mas faz sujeira, leva tempo e requer habilidades manuais. Enquanto comprar pronto tem como ponto negativo a adaptação ao espaço disponível.
Noroxin Cheap Canadian Pharmacy | Pharmacy Macerata | mornatural.com | Health & Fitness Solutions oral steroids in usa fitness singles free trial – hacked by rx7 – cowok tersakiti team
Para te ajudar com essa escolha, separamos sete dicas infalíveis para montar um closet gastando muito pouco. Elas vão desde o espaço disponível até o uso de acessórios com propósito diferente do original. Então, já mande este post para quem vai fazer o closet com você e confira nosso passo a passo!

1. Considere o espaço disponível

O primeiro espaço na construção de qualquer closet é pensar no espaço disponível. Isso vai influenciar diretamente nos móveis colocados, na disposição das roupas e, é claro, no investimento.

Por exemplo, há quem prefira usar um cantinho do quarto, enquanto algumas pessoas usam um banheiro desativado ou até um cômodo todo.

As duas últimas opções são ideais para quem tem quarto pequeno. Assim, o espaço do ambiente fica apenas para a cômoda e não é ocupado por um móvel grande como um guarda-roupa, por exemplo.

2. Pinte com cores claras

Pintar o ambiente com cores claras tem vários pontos positivos. O primeiro deles é que o espaço parecerá maior, além disso, será muito mais fácil visualizar quais são as roupas e pensar nas composições de looks para o dia.

Para facilitar a sua vida, lembre-se de recorrer à iluminação correta, a qual pode ser natural, no teto ou com luminárias de chão.

Por mais estiloso que pareça, pintar o closet com cores escuras é um tiro no pé. Em primeiro lugar, você terá que investir mais em iluminação.

Além disso, será mais difícil visualizar as roupas disponíveis e pode dar uma sensação claustrofóbica, caso o ambiente seja pequeno.

3. Faça nichos e prateleiras

A melhor forma de otimizar o espaço disponível é por meio dos nichos e prateleiras, não é mesmo? Eles vão dar personalidade e poderão ser usados para guardar praticamente qualquer peça de roupa. Além de facilitar a visualização do que está disponível.

Uma dica extra é recorrer aos vários tamanhos para esse espaço, assim é possível guardar acessórios de diversos tamanhos. Será possível, inclusive, recorrer a diferentes estilos de decoração, por exemplo, uma versão vintage modernizada.

4. Recorra às araras

Ainda falando em otimização do espaço disponível, não se esqueça das araras. Além de serem ideais para calças, camisas e vestidos, elas facilitam muito a visualização das peças. Tudo isso sem correr risco de amassar os tecidos mais finos. Nesse caso, existem vários cabideiros disponíveis na internet.

O único ponto negativo das araras prontas é que elas não combinam com estilos vintage ou retrô. Contudo, não é difícil fazer uma arara você mesmo. Por exemplo, basta um varão de cortina e algum suporte para mantê-lo longe o suficiente da parede.

5. Use e abuse das caixas organizadoras

Quem quer gastar pouco na hora de montar um closet quer fazer tudo para cortar gastos, não é mesmo? Nessas horas, as gavetas são as grandes vilãs de quem tem o orçamento limitado. Elas podem elevar o custo de produção dos móveis e ainda assim não atenderem às suas necessidades.

Por esse motivo, a dica aqui é abusar das caixas organizadoras. Elas são versáteis, têm vários tamanhos, algumas têm divisórias e podem ser usadas como gavetas. Para isso, basta retirar a tampa e colocá-las no closet como se fossem parte do móvel, mesmo.

6. Tenha a criatividade como aliada

Assim como no item anterior, na hora de montar um closet gastando pouco, é preciso dar asas à criatividade. Por exemplo, use os móveis e acessórios com finalidades diferentes das originais. Como foi o caso da dica de usar um varão para fazer arara ou das caixas organizadoras como gavetas.

Como cada projeto é único, não é possível falar o que deve ser feito, então, a ideia aqui é pensar fora da caixa. Ou melhor, fora do armário. Uma opção para quem quer iniciar o closet a partir de um móvel específico, é recorrer às cômodas e penteadeiras.

7. Não se esqueça da ventilação

A ventilação do seu closet é extremamente importante! Ela vai evitar mofo — principalmente em peças de tecido natural como couro e algodão — e prevenir que as traças aprendam o caminho do seu armário. Por esse motivo, lembre-se de deixar um espaço para o ar circular e evitar o temido cheiro de roupa guardada.

Caso não seja possível ter a ventilação natural, invista na mecânica. Pode ser um exaustor, parecido com os usados em banheiros ou um ventilador de teto. Além disso, para evitar mofo, coloque desumidificadores de ambiente para reter toda a umidade presente.

Quanto se gasta para fazer um closet?

O valor gasto para fazer um closet depende de vários fatores, mas a média varia entre 800 e 2000 reais por metro quadrado, caso seja planejado. Porém, ao montar um você mesmo, esse valor pode diminuir consideravelmente. Tudo vai depender do estilo de decoração escolhido.

O que deve ter dentro de um closet?

Roupas e calçados. Brincadeiras à parte, é fundamental ter pelo menos uma sapateira, uma arara, assim como, nichos e prateleiras para guardar os acessórios. Outros elementos não tão necessários são: penteadeira, espelho e banco para calçar os sapatos.

Como fazer um closet aberto barato?

Existem várias formas de fazer um closet barato. Para isso, diversas pessoas fazem tutoriais incríveis na internet para te dar dicas sobre esse assunto. Inclusive, um deles é este que você está lendo agora mesmo.

Para ser mais visual e facilitar a sua organização, selecionamos um vídeo que pode te ajudar. Confira!

Nesse vídeo, o YouTuber Roberto Bruske conta como montou o seu closet gastando muito pouco. Para isso, o marceneiro conta quais foram os materiais usados, a quantidade de chapas e quais foram as disposições dos espaços do armário. Confira as dicas para fazer o seu!

Cada projeto de closet é único. Por esse motivo, quando for montar o seu, leve em conta a sua realidade, o espaço disponível e, principalmente, o que se espera do resultado final.

Além disso, antes de sair montando tudo, planeje muito bem antes de colocar a mão na massa. Isso vai evitar dores de cabeça e frustrações ao longo dos processos.

O closet é uma forma de decorar o quarto e otimizar o espaço disponível. Ele é perfeito para quem tem muita roupa ou para aquelas pessoas que dividem o ambiente. Por falar nisso, aproveite para ver nossa lista com os móveis essenciais no quarto de casal!

4.5/5 - (Total de avaliações: 2)
Post Anterior

Tijolo de vidro na sala: 7 formas para inserir no cômodo

Charles Eames: quem é, a biografia e os móveis do designer

Próximo Post

Deixe um comentário