10 dicas incríveis para criar uma decoração sustentável

Incorporar o design sustentável à decoração envolve o uso de móveis ecológicos, como os de madeira recuperada e as diversidades de opções disponíveis no mercado. Essa ação não se trata de uma simples tendência no universo do design de interiores, mas algo que é altamente vantajoso para o planeta a longo prazo.

É notável que os indivíduos têm buscado cada vez mais formas de implementar a decoração sustentável nos seus lares e ambientes empresariais. Esse fator se dá especialmente pelo aumento da conscientização ambiental que tem acontecido nos últimos anos.

Por esse motivo, contar com algumas dicas práticas para acrescentar o design sustentável em sua casa é o primeiro passo para poder criar um espaço ecologicamente amigável. Quer saber mais? Acompanhe!

1. Escolha materiais sustentáveis

Para um design sustentável, opte por móveis ecológicos. Ao selecionar móveis fabricados com materiais renováveis ou reciclados como os de madeira certificada, bambu e outros, não apenas a estética do local é melhorada, mas também auxilia na preservação do meio ambiente.

Dentre os elementos mais utilizados para a fabricação de materiais ecológicos, o bambu se destaca devido à capacidade de crescimento acelerado em comparação com outros tipos e a sua resistência.

sala com decoração feita de bambu para dividir o ambiente

A madeira freijó é outra opção. Ela é proveniente de florestas, comprovadamente apropriadas para o manuseio e, assim, cumpre todos os requisitos ambientais. Ou seja: ambas as opções são válidas!

sala com tv em painel de madeira

2. Invista em móveis ecológicos

A melhor maneira de identificar móveis ecológicos para montar uma decoração sustentável é procurar pelo certificado FSC (Forest Stewardship Council). Ele garante que o móvel que planeja obter é feito de materiais que estão conforme as normas de redução do impacto ambiental.

3. Reaproveite e recicle

Reaproveitar móveis e objetos é uma maneira de contribuir para a preservação do ambiente, principalmente com a tática “faça você mesmo” em mente. Além disso, existem maneiras de reciclar móveis antigos ou criar os próprios com materiais como o pallet.

Nesse caso, vale a pena considerar a pintura e outras maneiras de garantir uma vida nova ao móvel ou objeto. Uma boa dica é pintar a sua porta interna com uma tinta específica. Assim, você consegue reaproveitar algo que já tem em casa, sem gastar muito e poluir o meio ambiente.

decoracao apartamento alugado pallets sala suporte televisao

4. Opte por decorações que contam histórias

As práticas sustentáveis vão muito além de comprar roupas em brechós ou lojas que vendem peças de segunda mão. Atualmente, existem muitas lojas de móveis e itens artesanais ou de segunda mão que não são apenas amigáveis com o meio ambiente, mas também adicionam caráter e história.

Essa é uma abordagem que também pode acrescentar personalidade ao seu lar, além de conferir conexão com cada objeto ou móvel que possui em sua casa com design sustentável, bonito e funcional.

decoração afetiva feita com vasos e plantas

5. Reduza o consumo

Para reduzir o consumo ao decorar a sua casa, é indispensável priorizar a qualidade e não a quantidade. Esse processo também pode ser realizado em relação aos uso das tintas e materiais de construção ou para uma reforma na casa. Evite a desorganização no momento da compra e utilize os insumos de maneira inteligente para evitar desperdício.

Móveis multifuncionais: o que são, como usar e mais

6. Use tintas eco-friendly

Optar pelo uso de tintas eco-friendly com baixo VOC é crucial para contribuir para um ambiente sustentável, visto que elas são fabricadas para uma menor distribuição de compostos orgânicos voláteis.

Nesse contexto, além de proteger a saúde do planeta, a qualidade de vida da sua família também será garantida. Felizmente, existe uma variedade de tintas eco-friendly disponíveis no mercado que além de contar com uma boa qualidade, também dispõem de uma variedade de cores para pintar a parede interna.

7. Opte por uma iluminação sustentável

Uma opção amplamente utilizada para uma iluminação sustentável, com menos gastos de energia e maior vida útil é o uso das lâmpadas LED e o aproveitamento da luz natural. As lâmpadas LED não são apenas sustentáveis, mas também são popularmente conhecidas por serem utilizadas na decoração de diversas casas e ambientes empresariais.

Além disso, incorporar ao máximo a luz natural também é uma maneira de iluminação sustentável. Nesse caso, o ideal é optar por janelas de vidro e outros fatores que permitem a entrada de luz pela casa.

sala ampla decorada com janela de vidro toda aberta

8. Plantas como elementos decorativos

Além de acrescentar um toque verde aos cômodos da casa, incorporar plantas como elementos decorativos é perfeito para aprimorar o ar, além de passar um ótimo bem-estar no corpo.

No entanto, é crucial se atentar aos tipos de plantas que podem ser cultivadas dentro de casa, especialmente se mora em apartamento. Algumas delas incluem lírio da paz, suculentas, cactos, jade e bromélias.

sala decorada com bastante plantas

Plantas para banheiro: deixe o cômodo da sua casa com mais vida!

9. Apoie marcas sustentáveis

Apoie marcas sustentáveis não apenas ao criar um design sustentável de interiores, mas também em diversos outros aspectos. Por esse motivo, ao fazer compras, é muito importante realizar pesquisas sobre a marca e quais são as práticas ecologicamente conscientes que elas desempenham.

Suas escolhas como consumidor podem influenciar outras pessoas a fazer o mesmo e, com isso, a indústria poderá adotar medidas para implementar medidas ecologicamente saudáveis.

10. Eduque-se e compartilhe

Eduque-se sobre práticas sustentáveis para ampliar os seus conhecimentos. À medida que se conscientiza, poderá compartilhar suas experiências com amigos e pessoas próximas, que, por sua vez, podem implementar práticas sustentáveis em suas vidas.

Aproveitando, deixe um comentário aqui em nosso post para compartilhar como foi aderir esse tipo de decoração em sua casa. Estamos ansiosos para ler a sua opinião!

Leia também: A beleza do muxarabi: o que é, dicas e vantagens para decorar

Avalie este post
Post Anterior

Paleta de cores para casa: as melhores combinações para aderir

Deixe um comentário