Conheça os prós e contras dos 7 principais tecidos de sofá

Na hora de escolher um novo sofá, é importante levar em consideração o tecido que você irá escolher. Isso porque cada tecido tem os seus prós e contras, e cada vez mais, diferentes tipos estão disponíveis para esse tipo de mobília.

Além de serem importantes para o conforto dos usuários, os tecidos também fazem diferença na estética, no estilo do ambiente e no tipo de sofá, influenciando diretamente o visual da sua casa, afinal o sofá é um móvel protagonista em qualquer lugar.

Entenda quais são as características, os benefícios e as desvantagens de cada tipo de tecido para sofá no nosso post de hoje. Boa leitura!

1. Couro

Um dos materiais mais nobres, resistentes, duradouros e versáteis usados na confecção de sofás, o couro é um tipo de tecido que pode ser uma ótima opção para a decoração da sala. Independente da cor ou estilo do móvel, o couro sempre dá um ar de requinte e sofisticação para o ambiente.

foto em close de um sofá em couro

Vantagens do sofá de couro: resistente e atemporal

As principais vantagens em relação ao couro são, sem dúvida, a resistência e a facilidade de limpeza. Ele nunca sai de moda e fica bem em diversos tipos e tamanhos de mobiliário.

Além disso, o couro remete ao conforto, transformando qualquer espaço em um convite ao aconchego. Fica lindo em combinações com decoração e móveis em estilo industrial. Traz rusticidade para qualquer ambiente e é um dos tipos de tecido mais populares para revestir sofás.

sofá de couro em uma sala estilo industrial

Desvantagens do sofá de couro: quente nos dias de calor

Algumas desvantagens do couro é que ele não é um tecido muito transpirável. Isto é, acaba absorvendo o calor do ambiente com facilidade, não sendo muito recomendado para lugares muito quentes e/ou sem climatização.

Outro ponto que desfavorece o couro é o seu valor de mercado. Por ser um tipo de material que não pode ser produzido em grande escala com tanta facilidade, e também não se adequar a qualquer tipo de corte, seu preço é mais elevado.

Quer mais dicas? Saiba como escolher sofá com um passo-a-passo para você encontrar o mais confortável para o seu gosto. Acesse!

2. Couro sintético

Assim como o couro natural, o couro sintético também é um tecido muito versátil, durável e sofisticado. Sua grande vantagem em relação ao tecido natural é sua produção sustentável. A aparência também é muito próxima e em conforto o couro sintético não perde nada para o natural.

conjunto de sofás em couro sintético em uma sala estilo industrial

Características positivas do sofá de courino: conforto e durabilidade

Apesar de não ter um visual tão rústico quanto o couro natural, o couro sintético é muito durável igual ao tecido natural. A limpeza também é muito fácil, um tipo de tecido ideal para quem tem crianças e pets em casa. O custo também é mais baixo — se comparado com o couro legítimo. A escolha perfeita para quem quer o estilo o sem precisar gastar muito.

Assim como o couro natural, combina muito bem com qualquer estilo de decoração, principalmente o estilo retrô e industrial. Nós temos um conteúdo com os melhores sofás retrô lindos para você conhecer.

sofá grande em couro sintético em uma sala moderna

Pontos negativos do sofá de couro sintético: transpiração e temperatura

Uma das únicas desvantagens de usar o couro sintético no seu sofá é que ele transpira ainda menos que o couro legítimo. Ou seja, absorve a temperatura do ambiente. Assim, fica bem gelado nos dias frios e quente nos dias de calor.

Se você prioriza o conforto em qualquer situação e pode investir um pouco mais, talvez a escolha do couro legítimo possa ser a mais acertada.

3. Algodão

O algodão é a fibra natural mais usada na confecção de roupas devido ao seu toque macio e ao conforto para as peles mais sensíveis.

Com o sofá não é diferente, o algodão pode ser usado para o revestimento de mobiliário, em diversas cores e modelos de estofados diferentes.

sofá retrô branco de algodão com manta verde

Benefícios do sofá de algodão: rústico e com toque suave

Os sofás confeccionados em algodão são garantia de conforto, leveza e suavidade no toque. O formato da trama do algodão proporciona uma alta absorção de umidade, seja em clima frio ou clima quente.

Também é um tecido que tem ótima capacidade de tingimento. Ele pode ser usado nas mais diversas cores, combinando com qualquer estilo de decoração. Estilos mais leves como o romântico e o moderno ficam muito bem com mobiliário revestido de algodão.

Contra do sofá de algodão: limpeza e cuidado constantes

Apesar de terem um ótimo custo-benefício, os sofás de algodão também possuem algumas desvantagens. Podemos citar que mancham com muita facilidade e são pouco resistentes às unhas de cachorros e, principalmente, gatos.

4. Suede

O suede é um tecido esteticamente muito apresentável e altamente recomendado para o revestimento de sofás, poltronas e almofadas. Ele é um tecido muito macio e confortável, perfeito para quem gosta de ficar horas sentado no sofá.

sofá reclinável em suede sobre um tapete cinza de pelinhos

Pontos positivos do sofá de suede: textura e versatilidade

O suede pode ter diferentes variações de textura como amassado, felpudo ou liso. Sua versatilidade também fica por conta das cores e estampas que ficam ótimas em listrado e animal print. Um verdadeiro coringa na hora de combinar cores na decoração, além de deixar o seu sofá ainda mais elegante na sua sala de estar.

Além disso, é um tecido mais barato em relação a outros tipos de tecido com aparência semelhante, como o algodão.

Desvantagens do suede: Manchas de umidade e envelhecimento

Um dos pontos negativos do suede é seu alto poder de absorção. O que pode colaborar significativamente com o aparecimento de manchas caso algum líquido seja derramado.

Outro ponto a se considerar na hora de comprar um sofá de suede são os cuidados com a limpeza que, se não forem constantes, podem acabar acarretando manchas por envelhecimento, desbotando e tirando as características originais do tecido.

5. Linho

O linho também é uma fibra natural muito requintada e sofisticada para o revestimento de mobiliário como o sofá. O resultado é uma atmosfera romântica, sóbria e clássica para o ambiente onde você colocar o móvel.

sofá retrô azul em linho sobre um piso de tacos

Prós do sofá de linho: material antialérgico em diversas cores

Uma das principais vantagens do linho é ser um material antialérgico que aceita muito bem o tingimento. Ele pode ser encontrado em diversas cores das mais diferentes paletas.

O material fica muito bem como complemento da decoração. Seu sofá, com certeza, será o protagonista de qualquer ambiente. Também é muito resistente e aguenta muito bem a energia das crianças correndo e pulando o dia todo.

Detalhes negativos sobre o linho: toque mais denso e suscetível a manchas

Se você se considera uma pessoa desastrada, o linho não é uma boa opção. Pois tem alto poder de absorção de líquidos e umidade, ou seja, é muito suscetível a manchas. Pelos de gato também podem ser um problema. Afinal, aderem com grande facilidade no tecido.

6. Veludo

O uso do veludo é atemporal, mas, por alguns períodos, foi considerado até antiquado. Nos últimos anos, o tecido para sofá voltou com força total e é tendência no mundo da decoração.

Originalmente feito só de seda, hoje em dia possui variações em algodão, náilon, restos de lã e fibras. É um tecido muito versátil e combina muito com a decoração Boho, por exemplo.

Sofá reclinável em veludo marsala

Vantagens do veludo: clássico e sofisticado

O veludo é um tecido de sofá que vem sendo usado como símbolo de sofisticação há muitos séculos. Tê-lo no seu mobiliário com certeza vai deixar o ambiente mais elegante e requintado.

O elemento é clássico e sempre estará associado a uma atmosfera de sofisticação cheia de personalidade. Seu toque é um dos mais macios e diferenciados entre os tecidos mais recomendados para sofá.

Para completar é um tecido muito aconchegante e quente, perfeito para ambientes climatizados ou que ficam em regiões com um clima muito frio.

Desvantagens do sofá de veludo: sujeira e manchas

O veludo é um tecido muito delicado e pode ficar com manchas aparentes com pouca sujeira. É preciso manter uma limpeza constante no tecido, pelo menos uma vez por semana.

Outro ponto negativo é o valor. É um tecido muito valorizado e, dependendo da versão, pode ser um dos mais caros do mercado.

7. Lona

A lona é um tecido moderno para sofá que vem ganhando cada vez mais espaço no mobiliário e na decoração. Ficam muito bem em ambientes com uma decoração moderna e contemporânea, cheia de estilo e personalidade.

sofá cinza de lona à frente de uma parede de tijolos brancos

Pontos positivos do sofá de lona: impermeabilidade e resistência

Um dos pontos a ser destacado como vantajoso da lona é ser um tecido impermeável que não mancha com facilidade e é muito prático de limpar. Basta passar um pano úmido e pronto.

Também é um material muito resistente e se bem cuidado pode durar muitos anos na sua sala sem perder as características originais.

Pontos negativos da lona: material quente e suscetível ao tempo

Como em todos os outros tecidos da nossa lista, conseguimos apontar alguns pontos importantes que devem ser levados em consideração na hora da escolha da lona.

Por ser um tecido que não transpira, ele acaba absorvendo a temperatura do ambiente. Isto é, fica muito quente em dias de calor e gelado em dias frios.

Se for exposto a condições climáticas como sol e chuva, pode rachar e acabar perdendo suas características originais.

Como você pode perceber, existem diversas possibilidades de escolha de tecido para sofá. Lembre-se que o mais importante a se considerar na hora da compra é o seu gosto pessoal e o estilo da sua decoração.

Os pontos negativos de cada tecido podem ser superados com cuidados práticos, regulares e fáceis. Você não terá muitos problemas com um móvel que pode durar muitos anos, deixando seu lar mais elegante e personalizado.

Independente do tecido para sofá escolhido, você precisa decidir qual será o tom da mobília. Veja nossas dicas de decoração em cores neutras e saiba como combinar!

5/5 - (Total de avaliações: 1)
Post Anterior

6 dicas para considerar antes de comprar uma cadeira gamer

12 cadeiras designs para conhecer

Próximo Post

Deixe um comentário